centro de trabalho indigenista

Novas perspectivas na vigilância territorial transfronteiriça Matsés

Por Letícia Leal Em abril de 2016, logo após realizar sua VI Reunião Binacional Brasil-Peru, a Organização Geral dos Mayoruna (OGM) – primeira organização criada para representar o povo Matsés do lado brasileiro da fronteira – promoveu uma oficina de formação em vigilância territorial, com apoio do Centro de Trabalho Indigenista (CTI) e da Fundação.

Leia mais